sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Palavras do mestre Mutarelli

Algumas pessoas dizem isso, e parece brincadeira, mas ou você faz quadrinhos ou você vive. Quando eu fiz O Cheiro do Ralo, e ele acabou sendo adaptado, passei a viver e a escrever de forma compulsiva. Eu tinha poucas horas e passei a viver muito. Só fazer besteira, mas esse é o lado bom. E agora tô voltando aos quadrinhos, voltando a desenhar. Tem de ter uma disciplina, tem de baixar a cabeça e desenhar, não tem jeito.
Trecho da entrevista de Lourenço Mutarelli feita pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Pois é... Eu estou nessa fase, tentando baixar a cabeça e desenhar. Para só depois viver!
Postar um comentário