segunda-feira, 25 de abril de 2011

Thor, o deus do trovão

Estou tentando segurar a ansiedade, pois é nessa semana a estreia do filme Thor. Imperdível!

Thor é uma personagem dos quadrinhos da Marvel. Inspirado na mitologia nórdica, Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby o criaram em 1962. Mas, somente agora, o herói ganhou uma adaptação cinematográfica à altura, com direção de Kenneth Branagh e estréia antecipada para o dia 29 de abril.

Como todos os personagens de Stan Lee, o feito mais importante de Thor será aprender algo que pode ser superado até pelo mais mortal dos homens: conhecer o valor da humildade. Apesar de ser um deus que porta a arma mais poderosa do universo Marvel, seu maior desafio não é enfrentar uma horda de monstros e vilões. Acho isso genial!

Thor foi expulso de Asgard por seu pai, Odin, deus supremo de Asgard. Em uma de suas aventuras, um jovem e impulsivo Thor violou o tratado estabelecido por seu pai, invadindo o reino dos Gigantes de Gelo. Para puni-lo, Odin sentenciou:

"Tu és o filho favorito de Odin! Além de valente e nobre, tua alma é imaculada! Mas ainda assim és incompleto! Não tens humildade! Para consegui-la, deverás conhecer a fraqueza… sentir dor! E para isso, necessitas deixar o Reino Dourado e despir-te de tua aparência divina! Na Terra, aprenderás que ninguém pode ser verdadeiramente forte se, em realidade, não for humilde! Por um tempo não mais serás o Deus do Trovão! A tua memória também tirarei! Agora, vai! Uma nova vida te espera!".

Essa é só a premissa básica. O restante da história, deixo que vocês mesmo descubram nos cinemas ou nos quadrinhos. Por asgard!

Postar um comentário